Carnes, Favas, Legumes

>Favas á minha maneira

>A produção de favas, lá da quintinha é tipo progressão geométrica, plantam-se un grãozinhos e saem de lá milhões de tubos gigantones bem cheinhos, biológicos 100% e para além disso sem trabalho nenhum, pura geração espontânea.

Mas o inconveniente é que eu gosto de favas, mas duas vezes por ano no máximo!!!!

Da produção deste ano sairam estas favas á minha maneira, as quantidades é tudo q.b.

Cebola, alho, presunto caseirinho e uns cubinhos de bacon, tudo a bronzear no azeite, e carne a gosto.

Neste caso juntei carne de porco cortada aos cubinhos, juntei um bocadinho de vinho e deixei cozinhar a carne por um bocadinho, em seguida juntei tomate bem madurinho sem pele e partido.

Quando a carne está quase cozinhada, juntam-se as favas, tapa-se o tacho e deixa-se cozinhar em lume brando, até as favas estarem cozidas e o molho bem apurado, juntar mais liquido, apenas se secar muito, ou se se quiser por ovos para escalfar, eu não juntei, porque tinha muita carne.

Anúncios

4 thoughts on “>Favas á minha maneira”

  1. >Linda a suas favas!Sinto uma pontinha de inveja, já que aqui não dá para plantar nada (moro em um apto que não tem varanda para ajudar).Sua receita tá apetitosa.bjs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s