artesviagensesabores

>Tomatada de Soja

Posted on: Janeiro 14, 2009

>Desde que vi esta receita de soja do Apok@lypsus fiquei com ela no pensamento para fazer um dia, e lá fui comprar os ingredientes que me faltavam para seguir milimétricamente a receita, para a coisa resultar e ter a prova definitiva de que se pode enganar alguém (a mim) com soja dizendo que é carne!!!

Para a fazer tive que comprar molho de soja que nunca tinha usado e não tinha em casa e a polpa de tomate com cebola e alho, porque, normalmente dão-me muitos tomates e congelo para o ano inteiro, por isso não uso muito polpas.
Então a receita dele é esta:
– 150 g de nacos de soja grossos
– 300 g de rebentos de soja frescos
– 400 g de Mistura de Vegetais Chineses Pingo Doce
– 1 cebola média
– 50 g de azeite
– 100 g de polpa de tomate Alho & Cebola Compal
– 250 g de água
– 100 g de vinho branco
– 4 colheres de sopa de óleo para fritar
– 3 dentes de alho
– 1 pitada de cominhos
– molho de soja q.b.
– sal e pimenta q.b.
– salsa picada q.b.
Preparação:
1.- Coloque os nacos de soja em água à temperatura ambiente durante 30 minutos para
hidratarem. Depois, escorra a água e esprema-os bem para sair o mais possível de água.
Leve ao lume uma frigideira com duas colheres de sopa de óleo, os alhos e deixe-os alourarem. Depois coloque os nacos de soja, tempere-os com o molho de soja e envolva bem, deixando cozinhar durante 3 minutos e mexendo sempre.
Retire e reserve. Faça o mesmo procedimento com os rebentos de soja e a mistura de vegetais (duas colheres de sopa de óleo, deixar aquecer e cozinhar os vegetais temperados com o molho de soja, durante 6 minutos).
2.- Leve um tacho ao lume brando com a cebola, o azeite, a polpa de tomate e o alho e deixe
cozinhar por 4 minutos, mexendo sempre. Junte então a água e o vinho branco, tempere com sal e pimenta e triture tudo com a varinha.
Adicione depois os nacos de soja, junte os cominhos e deixe cozinhar por mais 15 minutos, em lume brando, mexendo de vez em quando até o molho quase desaparecer.
3.- Retire para uma travessa, adicione a mistura de vegetais, polvilhe com salsa picada e sirva de
imediato.
Algumas considerações:
Em relação a fritar a soja com óleo e os alhos, é uma questão de principio cá em casa raramente usamos óleo, só mesmo para fritar o que é rarissimo, e assim substitui por azeite.
O molho de soja como nunca tinha usado não sabia muito bem o que fazer com o q.b., provei, vi que é muito salgado e usei apenas uns borrifos.
Ah!! e a parte que não segui á risca foi pesar a soja, porque como é habito deitar directamente para a água do pacote, foi o que fiz!!! e só no fim me lembrei, mas também foi um pormenor, porque a soja ficou realmente uma delicia, a fritura inicial como óleo e os alhos e talvez o dito molho, faz toda a diferença.
E no fim também não triturei o molho de tomate e cebola, porque nós gostamos de encontrar a cebola.

A apreciação foi excelente, para acompanhar fiz também os legumes, mas fiz mais um bocadito de arroz branco, porque este molhinho estava mesmo a pedir algo para o ensopar hehe.

3 Respostas to ">Tomatada de Soja"

>Eu adoro, mas não faço cá em casa porque têm a lata de me dizer que se parece com comida de cão! Fico fula🙂

>Ora bem, como foi a minha receita que a fez desviar por caminhos nunca antes percorridos, primeiramente os meus parabéns pelo excelente resultado e depois tenho a fazer as seguintes considerações:Realmente não expliquei a composição do Molho de Soja ou Shoyu porque já muitas pessoas o utilizam mesmo na comida corrente. É um Molho feito à base de soja e que já leva sal por isso ser um tempero que evita o uso do dito. Quanto à polpa de tomate Cebola & Alho da Compal, utilizo-a porque não tenho paxorra para descascar os tomates, tirar as peles e as pevides… calacice! E esta polpa dá um sabor tremendo à comida! O fritar a soja com óleo, se possível do biológico para não criar desiquilíbrio natural (mas pode ser também feito com óleo alimentar), é uma regra básica para prepoarar os nacos de soja. O Shoyu completa esta fase do processo de cozê-lo. Se utilizou azeite, não posso dizer-lhe porque nunca o fiz, mas se achou que ficou bom… Voltando ao Shoyu, o tempero é assim mesmo: uns borrifos de acordo com o paladar das pessoas assim como há quem goste da comida mais salgada (e que faz tremendamente mal à saúde), dos que preferem ensonsa ou o meio termo. Contudo e dada a natureza da composição natural do Shoyu, mesmo que "abuse", não faz o mesmo mal que o sal grosso de cozinha (prefiro utilizar sempre sal marinho puro). Quanto ao pesar os nacos de soja é mesmo fundamental porque quando ela fica hidratada, depois de estar 30 minutos de molho em água, cresce de volume e se coloca um pacote inteiro, dá soja para um regimento (exagero)! Quanto ao não ter triturado o molho de tomate com a cebola, ficou ao seu gosto, nada a acrescentar, mas eu embora goste muito de cebola e de senti-la na comida, neste caso faço mesmo papinha de bébé… até porque depois o tal molhinho muito bom para regar o arroz e o pãozinho fica mais gostosinho! ;)Parabéns pois pela sua experiência com os Nacos de Soja e pela coragem de enfrentar algo que não sabia no que ia dar…

>Eu ainda não consigo gostar muito de soja, acreditas? Molho de soja vou usando, principalmente nos wok’s…Beijinhos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


  • margarida fialho: em vez de manteiga no bolo ponha a mesma quantidade em azeite ,e as medidas das especiarias é de colher de café
  • Margarida Correia: fiz mesmo agóra ficou muinto bom agradeçida lhe fico
  • alcinamc: A primeira imagem é na serra da estrela, como todas as outras, a primeira fica algures quando se desce da torre para a lagoa comprida (Sabugueiro), m
%d bloggers like this: