artesviagensesabores

>Macarons ou talvez não

Posted on: Abril 6, 2010

>De tanto ver macarons no blog da Claudia resolvi experimentar, o blog dela é uma tentação, porque tem sempre umas coisas espectaculares, mas quase sempre com muitos preceitos e rigor, coisa que eu não sou muito.
Mas mesmo assim lá me aventurei nos macarons, que já há algum tempo se andavam a rir para mim , claro que para além de ser uma coisa que nunca provei, nem faço ideia de como resulta e  parece-me uma coisa delicada demais, com demasiados preceitos para a minha paciência, que normalmente invento sempre nas receitas e raramente consigo seguir uma á risca.

Fui fazer um estudo das receitas da Claudia e fiz com o fruto seco que tinha em casa, neste caso amêndoa e a receita que utilizei foi a que ela fez com castanha do pará.

2 claras envelhecidas por dois ou três dias
1/2 copo de 250ml de farinha de castanhas do Brasil ( usei amendoa)
1 copo de 250ml de açúcar em pó
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de extrato natural de baunilha (não usei porque não sou fã do sabor de baunilha)

Das receitas que li e do que eu percebi fiz assim.

Deixei as claras numa tacinha coberta em cima da banca por 2 dias, para envelhecerem.

Bati em castelo e quando estavam já firmes, juntei as colheres de açúcar até ficarem bem firmes.

Envolvi a amendoa moída muito bem com o açúcar em pó e envolvi esta mistura com bastante cuidado nas claras, até estar tudo muito homogéneo.

Na receita da Cláudia ela explica uma serie de preceitos dos quais eu tentei cumprir alguns, quem quiser pode vêr lá no blog dela os pormenores.

Abdiquei do saco de pasteleiro, porque como tinha pouca fé no resultado, achei que era trabalho demais e formei as bolinhas com uma colher de sobremesa e deixei a descansar um bocadinho antes de ir para o forno, para formar uma pelicula.

O tempo de cozedura que ela recomenda é 15 minutos a 150º, os meus nesse tempo e nessa temperatura estavam crus, não sei se os fiz demasiado grandes.

Tive que deixar o dobro do tempo.

A textura como nunca provei os originais não faço ideia se ficou parecido ou não, o aspecto não me pareceu nem primo, mas o sabor dos meus e a textura ficou muito boa.

Ficram levinhos e a desfazerem-se na boca, muito bons.

9 Respostas to ">Macarons ou talvez não"

>Eu acho que ficaram co muito bom aspecto.O importante é que tenham ficado muito bons x

>Ficaram com um aspecto apetitoso!BJs

>Eu também já fiz a receita da Cláudia, muito boa por sinal, mas não ficaram parecidos com os teus, e nem com os dela heheheOs meus ficaram em forma de ovo, a culpa foi dos tabuleiros do forno, os meus são concavos e como a massa tem que repousar, fui dar com eles a "escorrer" para o meio do tabuleiro. De ssabor ficaram óptimos, mas como também nunca provei os originais não sei se é aquela a textura, ficaram com uma casquinha crocante por cima e uma base mais compacta. São optimos para acompanhar o café :)Os teus ficaram mais com aspecto de bolachinha,mas na base parecem-se com os meus. O que importa e que gostaste.BeijocasMoira

>ADORO…biscoitos.Nossa q delicia, vou adorar visitar seu blog…só sei fazer doces…rsVisite o meu universowww.tatidesignercake.blogspot.comwww.tatidesignercake.com.brwww.docesmimospersonalizados.blogspot.com

>Pois eu acho que os teus bolinhos ficaram bem bonitinhos e devem ter ficado muito saborosos. Não conheço o blog da Cláudia e nem os seus macarons, mas esses bolos fazem-me lembrar uns que a minha avó costumava fazer e que se chamavam Esquecidos (não sei porquê!): ficavam com esse aspecto, meio achatadinhos e tinham a parte de cima mais crocante e estaladiça, mas o interior era bem fofo! Uma delícia! Beijocas.

>Se ficaram parecidos não sei, mas que têm bom aspecto, lá isso têm!Beijinhos

>Alcina,Eu acho que macarons ficam ótimos mesmo quando não ficam com aquela carinha de "publicidade"! Eu acho que também você tenha batidos as claras um pouco demais pois eles ficaram bem altinhos, crescidinhos… E como ficaram maiorzinhos precisa de mais tempo para assar mesmo…Adorei sua declaração aberta sobre o não uso do saco de confeiteiro!!! Se não está acreditando por que ter trabalho a toa (risos, muitos risos!)… Mas dá para fazer os macaronzinhos com a colherzinha sem problemas!Eu gosto quando ficam crocantes por fora e meio caramelentos por dentro… Bj,Claudia

>Nunca imaginei que fazer macarrons fosse assim tão fácil.A verdade verdadinha é que nunca comi macarons, quanto mais confeccioná-los. Mas…agora…fiquei com o "bichinho". Até porque tenho visto uns bem coloridos!

>O que já me rir ao ler este teu post. Ainda bem que ficaram bons de sabor o resto….Também me despertam muita curiosidade estes macarons confesso. Parabéns pela coragem e Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


  • margarida fialho: em vez de manteiga no bolo ponha a mesma quantidade em azeite ,e as medidas das especiarias é de colher de café
  • Margarida Correia: fiz mesmo agóra ficou muinto bom agradeçida lhe fico
  • alcinamc: A primeira imagem é na serra da estrela, como todas as outras, a primeira fica algures quando se desce da torre para a lagoa comprida (Sabugueiro), m
%d bloggers like this: