Caldeirada, Peixe

>Caldeirada de Peixe

>Quando chega o verão, uma das coisas que gosto de comer é caldeirada, não sei porquê lembra-me as férias na praia e principalmente as que passei quando era nova na nazaré.

Fazer caldeirada para dois é um bocadito complicado, pelas quantidades e variedade de peixe, a opção é quando se tem confiança na peixaria, comprar aquela caldeirada que eles tem já partida, ou em alternativa comprar duas ou três postas de peixe a gosto e foi o que fiz desta vez.

Uma posta de salmão
Uma posta de safio (congro)
Duas postinhas de raia.
Uma lulita ou duas e um bocadinho de solha que comprei a mais para outra ocasião.

Cebola – 2 médias

Pimento – 2 médios.
Batatas – umas 4
Tomate – 2 médios.

Pela ordem indicada coloquei no tacho a cebola cortada grosseira, o pimento e as batatas em meias luas grossas.

Em cima disto meti o peixe.

E por ultimo o tomate sem a pele e partido aos pedaços grosseiros, ponho só no fim para não se desfazer muito.

Por cima de tudo deito o sal, uma colherada de polpa de tomate, rego com uma boa golada de azeite e um bocadinho pouco de vinho branco.

Vai ao lume a cozer lentamente , sem mexer, eu abano a panela de vez em quando para não pegar.

A panela deve-se manter tapada, para não evaporar o liquido que se vai formando.

Anúncios
Caldeirada, Carnes

>Caldeirada de cabrito

>Ontem resolvi experimentar fazer caldeirada de cabrito, como cá em casa não somos fanáticos por esse bicho decidi inventar.

Temperei o cabrito logo de manhã, com sal, alho, louro e vinho branco.

Cortei uma cebola média de modo grosseiro e piquei uns quantos alhos, juntei azeite q.b. e o cabritinho partido aos pedaços. Coloquei no fogão, adicionei-lhe um tomate bem madurinho, a calda da marinada e toca a estufar uma horita.


Depois coloquei em camadas noutro tacho cebola, pimento, batatas, tomate e o cabrito já cozinhado, reguei com azeite, um bocadinho pouco de vinho e o pouco molho do cabrito.

Depois foi só deixar cozer e não ficou nada mal