Bolos, Coco

>Bolo de fubá cremoso

>Já há algum tempo que andava para experimentar um bolinho de fubá, já que tinha alguma curiosidade por ouvir falar tanto.
Fui á procura de uma receita e no livro que a amiga  Neyma me ofereceu quando eu fui ao brasil, até tinha lá três, mas resolvi experimentar uma dela mesmo, por ela já a ter testado.

Nesta receita ela utilizou frutose, eu substitiu por açúcar e fui verificar a receita original de onde ela retirou, para saber a quantidade de açúcar a utilizar.

4 ovos 
4 chávenas de leite

3 chávenas de açúcar
2 colheres de farinha de trigo
1 chávena e meia de fubá
2 colheres de marganina
100 g de queijo ralado
100 g de coco ralado
1 colher de fermento em pó

Na receita diz para colocar tudo no liquidificador e bater por alguns segundos, no meu não cabia a quantidade toda, pelo que bati primeiro com a batedeira e depois meti por duas vezes no liquidificador.
 
Eu coloquei num tabuleiro em vez de uma forma, porque a quantidade de massa era muito grande e achei melhor fazer no tabuleiro, untado e polvilhado com farinha.

Levei ao forno a 230º durante 40 minutos.

Ficou todo em creme, apenas com uma crostinha do coco ficou muito bom, delicioso mesmo.
A fotografia que a Neyma apresenta não tem nada a vêr com a minha, ainda que ela diga que o bolo fica meio mole, o meu ficou mais em creme que queijada mesmo e penso que não foi pelo tempo de cozedura, porque qualquer bolo a esta temperatura e em tabuleiro cozeria em bem menos tempo.
Não sei se este será o verdadeiro original bolo de fubá, mas que ficou bom ficou.
Anúncios
Abobora, Bolos, Coco

>Bolo de abobora e coco

>Este bolo foi uma adaptação de uma receita de bolo de cenoura que faço muito cá em casa e uma junção com coco, porque gostei muito do resultado na compota, para dar uso a uma abobora gigante que teima em não acabar.

4 ovos
2 chávenas de farinha
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de abobora ralada
1 chávena de coco ralado
1 chávena de óleo
Bater muito bem os ovos com o açúcar até dobrar de volume e juntar o oleo.
Envolver a farinha peneirada, a abobora e o coco.
Levar ao forno a cozer em forma untada e polvilhada de farinha.
Em forno a 200º demora mais ou menos 40 min.
A decoração foi só para enganar o papa chocolate cá de casa.
Bolos, Coco

>Bolo de milho com coco

>Como gostei tanto do bolo de milho que já tinha feito aqui , resolvi experimentar o mesmo bolo mas com coco, porque já tenho visto em várias receitas e como gosto de coco, pensei que seria uma boa junção.

A receita copio integral da anterior, porque fiz exactamente da mesma maneira, com excepção para o coco.

4 espigas de milho verde (usei 250gra de milho de lata)
1/2 chávena (chá)de óleo
1 Lata de leite condensado
3 ovos
1 e 1/2 chávena (chá) de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento (Usei duas de café)

A este adicionei 100gr de coco ralado.

Debulhe os grãos de milho, fazendo cortes rente ao sabugo. Esta parte como é obvio passei.
Bata os grãos de milho com 1/2 chávena de água no liquidificador e depois passe por uma peneira.

Eu como usei de lata fiquei em duvida se deveria usar a água e resolvi não usar e bati tudo junto.
Recoloque no liquidificador e junte o leite condensado, o óleo e os ovos e bata bem.

Despeje esta mistura numa taça e acrescente a o coco e a farinha e misture bem, por ultimo junte o fermento, eu juntei logo com a farinha.

Unte e enfarinhe uma forma redonda de buraco e leve ao forno pré-aquecido a 200º a cozer por 40 min.

E não sei porquê mas os meus bolos têm uma certa tendencia para se ficarem a rir

O resultado foi muito bom, mas para mim não ficou excelente como o outro sem o coco, ao contrário do que eu pensei.

Coco, Doces de colher

>Manjar branco da Claudia

>Este doce vi no blog da Claudia que tem para além de umas histórias fantásticas sempre a acompanhar as receitinhas, os melhores docinhos, bolinhos, bolachinhas e afins do planeta, se não tivesse tendência para diabetes na familia eu fazia todos e empanturrava-me de bolinhos todos os dias 🙂

A minha receita não tem a história do manjar branco a acompanhar, mas quem quiser saber pode ir lêr lá. O que eu copiei foi a receita dela e é esta:

1 litro de leite
200 ml de leite de côco
100 gramas de côco ralado seco sem açúcar (usei o que se vende por aqui, nem sei se tem ou não açúcar).
6 colheres de sopa de amido de milho (usei Maizena, não sei se é o mesmo!!)
6 colheres de sopa açúcar

Dissolva o amido de milho peneirado numa chávena do leite e reserve.

Coloque o restante leite ao lume numa panela em lume brando com o açúcar, o leite de coco e o coco ralado misturando e mexendo para não agarrar ao fundo e não ganhar grumos.

Quando a mistura começar a ferver adicione a chávena de leite com a farinha e continue a mexer até engrossar e levantar fervura.

Quando ferver retire do fogo e distribua em tacinhas ou em forma molhados, esta técnica faz com que depois se desenforme bem, usa-se para os doces que levam muito amido e funciona 100%

Depois era suposto regar com uma calda de ameixas, mas como não tinha optei pela outra sugestão de regar só com calda de açúcar.

A receita desta calda passei, porque gostei deste truque que a Claudia explicou para fazer caramelo liquido, que não fica duro logo depois de arrefecer.

Calda de caramelo fina

1/2 chávena de açúcar
1/2 chávena de água + para amolecer o caramelo

Leve o açúcar e a água ao fogo médio numa panela tampada e deixe ferver até formar um caramelo não muito escuro, o meu ficou um bocadinho, porque não contei com o fundo térmico da panela e continuou a escurecer depois de retirar do lume.

Retire do fogo e adicione colheres de água fria e vá mexendo para o amolecer o caramelo. Adicione a água aos poucos e com muito cuidado pois a vai espirrar.

Se o caramelo com mais água não quiser amolecer e começar a empedrar leve o caramelo novamente ao fogo e deixe derreter novamente com o calor até incorporar a água acrescentada. Não deixe ferver para não endurecer novamente.

Continue adicionando colheres de chá de água até atingir a consistência de calda fina. Eventualmente a calda vai endurecer novamente e precisa ter uma certa paciência para conseguir achar o ponto da calda de caramelo fininha e fácil de servir fria.

Como duas meninas gostaram da forminha que usei eu editei a mensagem para a mostrar, tenho estas duas formas iguais, são de uma marca muito popular por cá a tuperware, exageradamente cara na minha opinião, mas tem coisas bonitas.

Estas formas para mim tem um senão, a grande é larga demais e fica uma coroa muito larga, é practica para encher o centro com alguma coisa, depois de desenformar. A pequenina é pequena demais, só leva meio litro, ou seja o tamanho de uma gelatina, mas são bonitas e a pequenina dá para fazer com buraco ou sem, porque tem uma tampina suplementar 🙂

Bolos, Coco

>Bolo de coco aveludado

>Já há algum tempo que não fazia um bolinho e este pareceu-me bom, saiu na revista da farinha que é branca como a neve

225g de Farinha da tal Fina
200g de açúcar
150g de manteiga
50g de coco ralado
3 ovos
1,25dl de leite

Junte o coco com o leite e reserve.

Bata os ovos com o açúcar.
Derreta a manteiga e junte ao preparado anterior, adicione a farinha e bata.
Junte o coco e o leite e envolva bem.

Deite o preparado numa forma untada de manteiga e forre com papel vegetal uma forma sem chaminé, eu passei esta parte.

Vai a cozer em forno pré aquecido a 180ºC. cerca de 40 minutos.
Verifique se está cozido com a ajuda de um palito.
Deixe na forma 10 minutos antes de desenformar, eu desenformei logo, não tenho paciencia para esperar, principalmente este que parece que se estava a rir para mim.

Ficou mesmo aveludado e fofinho.

Bolos, Chocolate, Coco

>Bolo de chocolate e coco

>A receita deste bolo foi-me enviada pelo meu amigo Luis, num daqueles e-mails que circulam com verdadeiros livros de receitas em anexo.

Como gosto muito de chocolate procurei uma receita especial, para comemorar a centésima mensagem do meu bloguinho, e como era para levar para casa dos sogros para uma festa, podia abusar nas calorias, porque seriam a dividir por muitos, então escolhi este.
Ingredientes:
• 4 gemas de ovos
• 4 claras
• 2 chávenas de chá de açúcar
• 2 chávenas de chá de farinha de trigo
• 4 colheres de sopa de chocolate em pó
• 1 chávena de chá de leite gordo morno
• 1 colher de sobremesa de fermento em pó
• 1 pitada de sal
Para o recheio
• 1/2 lata de leite condensado
• 1/2 chávena de chá de água
• 6 colher de sopa de açúcar (não meti nenhuma)
• 1 pacote de coco ralado pequeno (?) usei mais ou menos metade de um de 200gr
Para a cobertura
• 1/2 lata de leite condensado
• 2 colher de sopa de manteiga
• 5 colher de sopa de açúcar (também não meti nenhuma)
• 2 colher de sopa de chocolate em pó
Primeiro o bolo:
Bater as gemas com o açúcar e a pitada de sal até obter uma mistura esbranquiçada.
Juntar a farinha previamente misturada com o chocolate e o fermento, o leite morno mexendo bem.
Bater as claras em castelo firme e envolver muito bem sem bater as claras ao preparado anterior.

Deitar o preparado numa forma sem chaminé, previamente untada com manteiga e polvilhada de farinha.
Levar ao forno quente nos primeiro 10 minutos, e nos restantes, forno brando cerca de + ou – 50 minutos (convém verificar se está cozido).
Depois de cozido, deixe arrefecer um pouco e desenforme.
O recheio:
Numa caçarola, misturar bem todos os ingredientes. Levar ao lume mexendo sempre até engrossar um pouco.

A cobertura:
Juntar todos os ingredientes numa caçarola. Levar ao lume mexendo sempre e deixar ferver um pouco.

Montar o bolo:
Cortar o bolo ao meio, eu usei duas facas grandes para o cortar e retirar a metade superior.
Rechear.
Barrar todo o bolo com a cobertura ainda quente.

Ficou uma verdadeira delicia, a mim fez-me lembrar o sabor dos chocolates Bounty
Bolos, Coco

>Bolo 4 ingredientes da belinha

>Vi esta receita aqui achei tão fácil e como gostamos muito de coco cá em casa, resolvi experimentar.

Nunca pensei que o resultado final fosse este, pelos ingredientes que leva pensei que ficasse mais tipo pudim.

1 lata de leite condensado
4 ovos
100 gr de cocô
1 colher de sopa de fermento em pó para bolos

Meter tudo no liquidificador, misturar tudo.

Meter numa forma untada, levar ao forno cerca de 30 minutos ou até estar cozida com o teste do palito.

Eu pelo sim pelo não forrei a forma com papel vegetal, porque fiquei desconfiada com esta frase da belinha “desenformar quase frio se conseguir…”

Ficou com uma textura fofinha mas diferente, mas ficou aprovadissimo