Máquina de Fazer pão, Pizza

>Pizza nem peixe nem carne

>

Mais uma pizza, para o jantar de domingo, um daqueles dias em que depois de almoçar bem, passar a tarde na sorna e lanchar bem, não apetece fazer muita coisa e muito menos jantar, por isso esta é uma alternativa sempre bem aceite por todos.
Pizza de compra só mesmo em ultima instância, porque depois de comer pizza caseira as outras não sabem a nada e como é super-fácil, porque a máquina de pão faz o trabalho duro, o resto é muito rápido em 20 minutos no forno está feito.

200 ml de água
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de azeite
100 gr de farinha de trigo integral
220 gr de farinha tipo 55
1 medida pequena mal cheia de fermento ramazzotti (colher que vem com a máquina de fazer pão, corresponde a uma colher de chá)

Seleccionar o programa de massa da máquina de fazer pão.

Logo que acabou transferi a massa para o tabuleiro do forno untado com azeite e estiquei muito bem a massa, de modo a cobrir todo o tabuleiro.

Cobri com molho de tomate crú, sem encharcar, só o suficiente para cobrir a massa toda.

Para o molho, triturei

1 tomate caseiro grande.
1 dente de alho pequeno.
1 cebolinha pequenina tipo chalota.
1 colher de sopa de azeite.

Meti tudo no copo e triturei com a varinha, resultou mais ou menos 200 ml de molho.

O recheio foi uma miscelânia para agradar aos três habitantes da casa.

Fiambre
Chourição
Azeitonas pretas e verdes
atum (uma lata)
tomates pequenos
rodelas de courgete
queijo ralado

Distribui o recheio de maneira a formar 3 secções ( sem grande rigor) cada uma para agradar a cada um.

de um lado mais fiambre e tomate
de outro mais chourição e tomate
de outro a courgete  e o atum
Queijo ralado e azeitonas descaroçadas e cortadas ás rodinhas por todo lado.

Foi ao forno a 240º durante 20 minutos e foi o tempo ideal.

Resultou uma pizza de massa nem fina nem muito grossa, mas super estaladiça em volta, sem ser dura e no meio fofinha com olhinhos tipo pão, mesmo uma delicia.

Anúncios
Máquina de Fazer pão, Pão

>Pão de mistura

>Mais um pão feito pelo padeiro de serviço cá de casa, o marido que desde que temos a máquina que ele assumiu o comando e vai testando e inventado, experimentando farinhas e novas proporções, para encontrar o pão perfeito.

450 ml de água
1 colher de chá mal cheia de sal
100 gr de farinha de milho
200 gr de farinha de centeio
450 gr de farinha de trigo
1/3 de um pacote de fermento ramazzotti

Meter tudo na máquina de fazer pão pela ordem dos ingredientes apresentados.

O programa escolhido foi o 1 na minha máquina, corresponde a pão branco – 3h e o tostado é o médio.

Neste pão o marido experimentou uma coisa nova para ver se conseguia um pão mais cozido na parte de cima, porque normalmente qualquer que seja o tostado, só se nota alguma diferença por baixo e de lado, sendo que por cima fica sempre mais branco.

Para isso ele inventou tapar a cuba da máquina com uma pelicula de aluminio dobrada e ajustada para tentar manter mais calor em cima e na verdade resultou bastante bem, o pão ficou bem mais douradinho por cima.

A farinha de centeio, já me têm perguntado onde a compro, esta que estamos a usar, nem tem marca, comprou-a numa casa/armazem de produtos agricolas, daquelas casas á moda antiga que vendem tudo, desde sementes a granel e em pacotinhos, farinhas, comida para animais…..

Esta fotografia é de um pão semelhante sem a pelicula de aluminio, nota-se alguma diferença na parte de cima, principalmente.

Na primeira fotografia, nota-se uma certa homogeneidade na côr.
Máquina de Fazer pão, Pão

>Brioche

>

Desde que tenho a máquina de pão que andava com vontade de experimentar este tipo de pão mais leve, mas tinha a consciência critica sempre a reclamar tanta manteiga!!!! açúcar!!!! bem mas hoje lá me decidi e quem não quer não come ou come sem nada, porque afinal já tem manteiga.

Procurei uma receitinha e encontrei esta em montes de sitios, por isso achei que devia ser boa.

100ml de água
150gr de margarina
4 ovos
5gr de sal
100gr de açúcar
600gr de farinha
1 saqueta de fermento

Primeiro derreter a margarina no microondas e bater os ovos.

Adicionar tudo na cuba da máquina de fazer pão pela ordem indicada na lista de ingredientes.

Seleccionar o programa de pão doce que na minha máquina é o 5 e quantidade II o tostado que escolhi foi o médio, ficou bem douradinho em volta.

No principio ainda apanhei um susto, porque a amassa não cresceu quase nada no tempo de levedar, mas durante a cozedura cresceu bastante, ficou enorme e muito bom, o critico afinal disse que podia guardar a receita e cá está ela no sitio adequado.

Máquina de Fazer pão, Pão

>Pão /Fermento/Tempos de cozedura

>

Ao longo do tempo que temos a máquina de fazer pão, já fizemos várias experiências e todas com sucesso, algumas com pequenos pormenores menos conseguidos.

Uma conclusão a que já chegamos é que normalmente o fermento nas receitas é sempre demais , se se meter menos o pão cresce igual, sendo que se metermos demais o pão cresce muito e depois baixa no meio, já tenho visto isto em varios blogs e penso que é disso.
Para além disso as farinhas próprias para máquina de pão do Lidl tem fermento suficiente para se misturar com outras farinhas sem ser necessário juntar mais, as da nacional não sei porque ainda não experimentei

Estes dois pães são um exemplo do que digo, os dois foram feitos com a mesma quantidade de farinha própria para pão com igual quantidade de farinha de trigo 65, só que num juntámos 1/3 de fermento vahiné e no outro não juntámos fermento nenhum.
O segundo ficou redondinho em cima.

250 gr de farinha para pão rustico
350 gr de farinha 65
400ml de água
Uma colher de sopa de sementes de linhaça
Uma colher de sopa de sementes de sesamo
Uma colher de sopa de sementes de girassol
sal esqueci-me e também não fez falta.

Quanto ao tempo já experimentei fazer o pão de 1kg escolhendo a opção de 700gr e o pão ficou bom na mesma.

Gostava de lêr as experiencias e opiniões de outras amigas experientes na panificação 🙂