Moluscos/cefalopodes

>Choquinhos com molho verde

>Comprei uma embalagem de chocos congelados, porque já há muito tempo não comprava os ditos cujos, mas não sei porquê estas coisas congeladas não me convencem muito, podem dizer que é muito bom, que é igual ao fresco e que até as propriedades são melhores, mas a mim não me convence.

Estes chocos, parece que tinham sido insuflados com ar ou água, porque antes de cozinhas até eram grandinhos, mas depois de irem para o grelhador desfizeram-se em água e encolheram estupidamente, ficaram tipo umas perolazinhas que o meu menino metia na boca logo aos dois e três….

O segredo da receita não é nenhum, temperei os choquinhos com uma hora de antecedencia com sal alho e sumo de limão.

Depois de grelhados fiz um molho com

100ml de azeite
2 colheres de sopa de manteiga
3 ou 4 dentes de alho picadinhos
sumo de meio limão
meio raminho de salsa picada.

Primeiro levar ao lume o azeite junto com a manteiga e os alhos, logo que começa a alourar o alho, juntar o sumo de limão com cuidado, porque salpica e antes de desligar o fogão juntar a salsa picada.

Este molho é o que costumo fazer para este tipo de cefalópodes, chocos, lulas e afins grelhados ou mesmo para umas espetadinhas de lulas com camarão também gostamos.

Com batata cozida, legumes ou salada fica muito bom.
Anúncios
Desafios e prémios, Moluscos/cefalopodes, Peixe

>Salada quente de chocos

>Esta receitinha tirei da revista Saúde á mesa de janeiro, nada que fuja muito dos meus cozinhadas habituais, no tempero e ingredientes, mas achei uma boa ideia para cozinhar uns choquinhos que tinha no congelador

A receita que vem na revista é

600 gr de choquinhos pequenos limpos.
Sumo de um limão (usei só meio)
Pimenta q.b.
1 cebola
3 dentes de alho
0,5 dl de azeite
2 dl de polpa de tomate(usei 2 tomates congelados)
1/2couve lombarda (usei couve coração)
3 colheres de sopa de vinagre
salsa picada (não usei)
1 cenoura adicionei por minha conta

Temperam-se os choquinhos com sumo de limão

Descasque a cebola e os dentes de alho e pique-os finamente. Aqueça o azeite e aloure a cebola e os alhos. Junte a polpa de tomate e deixe refogar durante 2 minutos, mexendo regularmente.

Adicione os choquinhos e deixe cozinhar durante 20 minutos.

Acrescente 2 dl de água e deixe apurar.
Lave e arranje a couve, corte em juliana e adicione aos choquinhos, aqui adicionei também a cenoura “ralada” ás tirinhas com o descascador de cenoura.

Deixe cozinhar até a couve ficar macia.

Regue com o vinagre, retire do lume, coloque numa travessa e sirva polvilhado de salsa, eu não polvilhei porque não tinha salsa em casa e o vinagre também só meti um borrifo, porque como meti o sumo de temperar os choquinhos sentia o molho já um bocadinho ácido.

Na revista não sugere nada para acompanhar, eu ainda pensei ficar mesmo só com a couve e a cenoura, mas o maridito tem muito medo de passar fome 🙂 pelo que cozi uma batata para acompanhar.

E agora para terminar estou toda contente porque o apok@lypsus e a SusanaG disseram que eu tenho um blog maneiro 😉 vai-se fazendo o que se pode e quando alguem se lembra de nós ficamos todos contentes né, vou então publicar aqui

Então as regras são:
1 – Exibir a imagem do selo “Olha Que Blog Maneiro”
2 – Postar o link do blog que te indicou
3 – Indicar 10 blogs de sua preferência
4 – Avisar os indicados
5 – Publicar essas regras
6 – Conferir se os blogs indicados repassaram o selo junto às regras
7 -Enviar sua foto ou de um(a) amigo(a) para , olhaqueblogmaneiro@gmail.com. juntamente com os 10 links dos blogs indicados para verificação.Caso os blogs indicados repassem o selinho “Olha Que Blog Maneiro” e suas regras, corretamente, dentro de alguns dias o blog que os indicou recebe 1 caricatura em P&B
8 – A caricatura só vale se as regras acima forem seguidas

Esta parte da fotografia eu dispenso também, não sou fotogénica muito menos caricaturável 🙂

Agora a quem é que eu vou oferecer!!!parece-me que já todo mundo tem!!!bem vou oferecer aos blogs que eu acho mesmo maneiros e que penso, espero ainda não tenham recebido, se já receberam ficam com a confirmação/certeza de que o blog é mesmo mesmo….:-)

cincoquartosdelaranja

cozinharcomosanjos

chacanelachocolate

bonspetiscos

petiscaki

chocolataria

cheznysa

adoro-a-cozinha

cozinhadascores

magicflavours

Espero que gostem do selinho 🙂

Caril, Moluscos/cefalopodes, Peixe

>Caril de lulas

>Resolvi fazer estas lulas com caril, porque tenho um frasquinho, que uma colega me deu e como o pó é precioso, porque veio de moçambique, não se pode estragar.

Fiz então como ela me ensinou a fazer o frango, porque achei que devia ser o mesmo

2 tubos de lula grande congelada
1 cebola média
3 dentes de alho muito finhinhos
1 tomate grande bem madurinho congelado
2 colheres de café de caril
Uma pitada de caril picante
Um bocadinho de gengibre fresco ralado
Óleo

Piquei a cebola e o alho e meti a alourar em óleo, porque segundo ela não se usa azeite no caril.

Depois meti lá dentro as lulas partidas ás tirinhas, deixei cozinhar um bocadinho e juntei o tomate sem peles e partidinho aos bocadinhos.

Deixei cozinhar tudo de maneira a que as lulas ficassem macias e fui juntando uns borrifos de água, porque também ela diz que não se deve juntar vinho.

Juntei o caril e o gengibre ralado e deixei a apurar em lume brandinho, o molho ganha uma consistência cremosa.

Servi com batata cozida, embora o caril combine melhor com arroz, eu gosto mais de batata e também não ficou mal.

Este caril não leva leite de coco, porque esta minha colega diz que lá na terra dela não o usavam para fazer o caril e como foi ela que me ensinou, fiz assim.

Moluscos/cefalopodes, Peixe

>Lulas recheadas

>Já há uns dias que fiz estas lulas, mas ainda não tinha tido oportunidade de as colocar aqui.

Há muito tempo que também não as fazia recheadas, pelo trabalho que dá, estas comprei-as congeladas e limpas, só que depois de descongelar ficaram minisculas, pelo que não me apeteceu grelha-las como era previsto.

Assim para o recheio:

Usei as patitas das lulas.
Meio chouriço.
Uma cebola pequena.
Dois dentes de alho.
Uma cenoura pequena.
Um tomate madurinho congelado.
Uma colher de sobremesa da farinha.
Azeite, sal e vinho branco.

Tudo no tacho, com azeite e depois de bem cozinhado e apuradinho juntei-lhe a colherzita de farinha para secar um bocadito o molho.

E toca a encher os sacos das lulas e bem fechadinhos com um palito.

E novo refogado é preciso, com mais

Uma cebola.

Dois dentes de alho

Um tomate bem madurinho
Azeite, e vinho branco q.b.
Novamente tudo ao lume com as lulas cheias a cozinhar e apurar o molho.

Acompanhei com batata cozida e salada

Moluscos/cefalopodes, Peixe

>Polvo á moda da minha mãe

>Este polvo não é invenção da minha mãe, mas como ela o faz tantas vezes eu chamo-lhe assim.

Um polvo de 1kg
Um pimento verde
Um pimento vermelho
3 dentes de alho
Uma cebola
Sal e azeite q.b.
Primeiro coze-se o polvo, na panela de pressão com metade da cebola e sal.
O tempo depende do tamanho.
Depois prepara-se uma cama de cebola, alho e os pimentos em volta, para aí deitar o polvo.
Rega-se com bastante azeite, para depois servir para temperar as batatas.
Vai ao forno até assar os pimentos e tostar um bocadito o polvo.

Serve-se acompanhado de batatas a murro, assadas numa boa camada de sal.

Para que o polvo não perca as ventosas e a pele na cozedura, diz a minha mãe que só se pode meter o polvo na panela depois da água estar a ferver e neste caso funcionou, porque o polvo era pequeno e estava bastante cozido, mas não perdeu nada.

Moluscos/cefalopodes, Saladas

>Salada com polvo e figo

>Há já algum tempo vi num blog que não me consigo lembrar uma salada, cujos unicos ingredientes que me ficaram na memoria eram figos e polvo de lata.

Depois de muito procurar sem sucesso, e como tinha muitos figos cá em casa resolvi inventar com o que tinha disponivel e o resultado não foi nada mau.

Tomate
Milho em lata
O polvo de lata
E os famosos figos que eu adoro

Fica bem tanto como entrada, como prato principal, para uma altura de regime hehe

Feijão, Moluscos/cefalopodes, Peixe

>Feijoada de lulas

>E porque não!!!!

Se há feijoada de marisco, chocos e afins porque não de lulas.

Queria fazer feijoada e não tinha cá ingredientes ditos próprios então com a fobia natural pela carne cá em casa, fui procurar e encontrei uns tubos de lula congelados daqueles grandes e achei boa ideia.

O modo e a técnica………..a mesma para qualquer feijoada.

Refogado, cebola, alho, cenoura, louro, com couve ou sem, com chouriço ou sem……..

Tudo apuradinho e feijão branco que neste caso foi mesmo de lata.

O sabor resultou um bocadito exótico.