Pizza

>Pizza com queijo feta

>Mais umas pizzas, caseirinhas, massa diferente ingredientes semelhantes.

Cá em casa não adianta fazer pizzas com muitos ingredientes diferentes porque se não o pisco começa a escolher tudo e por de lado, o fiambre e o queijo são os reis da pizza para ele.

Desta vez fiz a do costume bem simples e fiz umas pequenas um pouco diferentes para os crescidos.

A diferença está nos pikles e no queijo feta, que tinha por aí desde a época dos tomates e tinha que ser gasto

A massa foi igual a uma que já fiz antes, só substitui a farinha integral por outra..

200 ml de água
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de azeite
100 gr de farinha de trigo integral (usei preparado próprio para pão integral )
220 gr de farinha tipo 55
1 medida pequena mal cheia de fermento ramazzotti (colher que vem com a máquina de fazer pão, corresponde a uma colher de chá)

Seleccionar o programa de massa da máquina de fazer pão.

Logo que acabou transferi a massa para o tabuleiro do forno untado com azeite e estiquei muito bem a massa, de modo a cobrir todo o tabuleiro, com o cortador de pizza, cortei os bordos mais grossos para ficar a massa toda fininha.

O recheio foi como já tinha dito o do costume.
Polpa de tomate caseira, fiambre, queijo mozzarella ralado, pikles e queijo feta e pedacinhos de tomate fresco.

Ficou excelente para mim e para o mais pequeno, o marido reclamou de falta de substrato, ou seja massa fina de mais.

Anúncios
Máquina de Fazer pão, Pizza

>Pizza nem peixe nem carne

>

Mais uma pizza, para o jantar de domingo, um daqueles dias em que depois de almoçar bem, passar a tarde na sorna e lanchar bem, não apetece fazer muita coisa e muito menos jantar, por isso esta é uma alternativa sempre bem aceite por todos.
Pizza de compra só mesmo em ultima instância, porque depois de comer pizza caseira as outras não sabem a nada e como é super-fácil, porque a máquina de pão faz o trabalho duro, o resto é muito rápido em 20 minutos no forno está feito.

200 ml de água
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de azeite
100 gr de farinha de trigo integral
220 gr de farinha tipo 55
1 medida pequena mal cheia de fermento ramazzotti (colher que vem com a máquina de fazer pão, corresponde a uma colher de chá)

Seleccionar o programa de massa da máquina de fazer pão.

Logo que acabou transferi a massa para o tabuleiro do forno untado com azeite e estiquei muito bem a massa, de modo a cobrir todo o tabuleiro.

Cobri com molho de tomate crú, sem encharcar, só o suficiente para cobrir a massa toda.

Para o molho, triturei

1 tomate caseiro grande.
1 dente de alho pequeno.
1 cebolinha pequenina tipo chalota.
1 colher de sopa de azeite.

Meti tudo no copo e triturei com a varinha, resultou mais ou menos 200 ml de molho.

O recheio foi uma miscelânia para agradar aos três habitantes da casa.

Fiambre
Chourição
Azeitonas pretas e verdes
atum (uma lata)
tomates pequenos
rodelas de courgete
queijo ralado

Distribui o recheio de maneira a formar 3 secções ( sem grande rigor) cada uma para agradar a cada um.

de um lado mais fiambre e tomate
de outro mais chourição e tomate
de outro a courgete  e o atum
Queijo ralado e azeitonas descaroçadas e cortadas ás rodinhas por todo lado.

Foi ao forno a 240º durante 20 minutos e foi o tempo ideal.

Resultou uma pizza de massa nem fina nem muito grossa, mas super estaladiça em volta, sem ser dura e no meio fofinha com olhinhos tipo pão, mesmo uma delicia.

Pizza

>Pizza duas estações

>Já há algum tempo que não fazia pizza cá em casa, foi no sábado á noite que fiz esta pizza duas estações, porque o menino gosta de pizza, mas tem que ser uma coisa mais simples tipo queijo e fiambre sem grandes inovações, porque se não começa a escolher tudo e fica uma grande mistela.

A massa fiz na máquina do pão com a mesma receita que já tinha feito aqui, já que ficou aprovada.

Nesta pizza utilizei a conserva de tomate que fiz já nem sei há quanto tempo e que ainda não tinha experimentado, foi o teste á resistencia da conserva e ficou aprovadissimo, o sabor está espectacular, apetece comer ás colheradas.

Depois de esticar a massa no tabuleiro do forno barrei com a massa de tomate e por cima meti o fiambre e os cogumelos.

Depois dividi em duas partes e numa meti só queijo ralado e na outra meti queijo mozzarela fresco ás fatias fininhas e rodelas de tomate também finas.
Na parte do menino deitei mais um fio de azeite e na nossa meti uma camadinha de oregãos e o mesmo fio de azeite.

Depois foi só ir ao forno e esperar pelo resultado, e o resultado foi uma pizza de massa fina mas fofa e muito suculenta, principalmente a parte do tomate.
Pizza

>Pizzas

>Mais umas pizzas na Maquina de Fazer Pão, já que adoramos a massa na primeira vez que fizemos.

A receita da massa que vem no livro da máquina

300ml de água
3/4 de colher de cha de sal
2 colheres de sopa de azeite
450 gr de farinha tipo 55
2 colheres de chá de açúcar
1 pacote de fermento em pó.
Extra
2 colheres de sopa de mozzarela ralado.
Para o recheio:
Polpa de tomate com alho e cebola q.b.
Chourição
Fiambre
Cogumelos
Mozzarela ralado
Oregãos

Escolher o programa massas e no fim de terminar, retirar a massa e deixar repousar durante mais 10 min. tempo suficiente para preparar o recheio.

Neste caso os recheios foram os mais simples e os que mais gostamos cá em casa.

Depois de esticar a massa na forma, barrar a base com molho de tomate da compal com cebola e alho.
As variantes foram:
Chourição, cogumelos e mozzarela

Fiambre, cogumelos e mozzarela

Chourição, fiambre, cogumelos e mozzarela.

Para completar em cima de todas um fio de azeite e oregãos em folhinhas.

Pizza

>Pizza trapalhona

>No outro dia meti na cabeça experimentar fazer massa de pizza na maquina de fazer pão, passei pelo sitio do costume e trouxe bacon e fiambre para o que desse e viesse.

Vai daí fui buscar a receita que vem no livro da máquina
300ml de água
3/4 de colher de cha de sal
2 colheres de sopa de azeite
450 gr de farinha tipo 55
2 colheres de chá de açúcar
1 pacote de fermento em pó.
Depois de meter tudo na cuba da máquina é que vi que o fermento para a máquina tinha acabado e não me lembrei, mas como eu sou teimosa e se meto na cabeça que vou fazer uma coisa faço mesmo!!!! meti fermento para bolos!!! só que a meio do processo de amassar roeu-me a consciencia e achei que aquilo não ia resultar e resolvi acrescentar um quarto de um cubo fermento fresco, dissolvido num bocadinho de água morna.

Aquilo lá esteve a levedar e como o tempo não passava e a hora de jantar já estava próxima e ainda tinha que cozer a pizza no forno. Tirei a massa da cuba e estava um bocadinho pegajosa, mas enfarinhando as mãos a massa estava uma delicia de mexer, parecia daquela que se ve nos filmes que até rodopia no ar hehe.

Estiquei metade numa forma mara pizza e deixei a outra de lado.
O recheio, com tanta invenção ficou um bocadito esquecido e assim foi um bocadito á pressa e com o que tinha á mão.
Polpa de tomate com alho e cebola da compal, para barrar a massa
Bacon, fiambre e bastante mozzarela ralado em cima

e vai para o forno sempre com a ideia de que iamos passar fome e já me preparava para deitar o resto da massa fora, quando vi que aquilo no forno até estava a ficar com bom aspecto.

Fiz o mesmo á restante massa, meti-a numa forma de tarte, e lembrei-me de polvilhar com uns oregãos e deitar uns fios de azeite por cima e o resultado foi a pizza mais saborosa que me lembro de ter comido, a massa ficou simplesmente divina, fofinha e saborosa.