Arroz, Saladas

>Salada de frango

>

Quando a imaginação falta com tanta refeição para preparar ás vezes saem umas saladinhas diferentes, com aproveitamentos ou não.
Nesta utilizei peitos de frango assado que ninguem gosta cá em casa e fiz um arroz branco, só cozido em água temperada com um caldo de carne e umas ervilhinhas com mais uns pózinhos de perlim-pim-pim
1 chávena de arroz
1 chávena de ervilhas congeladas
1 chávena de milho de conserva
2 peitos de frango assado
Tomate
Pepininhos de pikles
Azeitonas
Cozer o arroz com as ervilhas em água abundante e temperada com um cubo de caldo de carne e um fio de azeite, quando estiver quase cozido, junta-se o milho.
Retirar do lume e passar para um escorredor de rede e passar rápidamente por água fria.
Juntar o frango desfiado, envolver tudo e transferir para uma travessa.
Decorar com os pikles cortados aos pedacinhos, as azeitonas e o tomate.
Fica uma saladinha morna muito apetitosa, quem gostar imagino que fica bem com um monte de maionese, nós cá em casa até gostamos, mas por principio não o fazemos.
Anúncios
Saladas

>Quando o calor aperta nada como umas saladinhas…

>

Por aqui o calor anda insuportável, este fim de semana fomos mais uma vez á covilhã e por lá estavam 37º durante o dia e de noite pouco baixava, por aqui o calorão não é tanto e á noite refresca mais um bocadinho, mas já não há quem aguente, nas noticias é só incendios, por aqui e por ali é só sirenes a apitar e bombeiros a correr….
Um caos e na cozinha quem aguenta ligar forno ou sequer ficar em frente do fogão, cá em casa temos reduzido ao minimo e não reduzimos mais por causa da criança, porque noutros tempos já teriamos virado vegetarianos ou saladianos…
Mesmo assim como lá pela quinta os tomates também estão em alta, temos usado e abusado deles, porque ainda por cima o sabor é bem diferente daquele que se compra por aí, uma verdadeira delicia, para mim que adoro tomate tem sido o paraiso e como se não bastasse o meu menino também é fã.

É tomate com tudo, em belas sandes com queijo fresco

Em saladinhas variadas

Com queijo fresco e azeitonas, polvilhado com uns oregãos e azeitinho do bom.

Com bastante pepino e fiambre.

É só puxar pela imaginação e abrir a porta do frigorifico para vêr o que por lá anda.

O ultimo carregamento que veio
Entradas e petiscos, Saladas

>Saladinha de polvo

>Esta é uma salada bem tipica cá por terras lusas, para petisco ou para servir de entrada.

O segredo não é nenhum, simples e fácil de fazer.

1 polvo
1 cebola
2 dentes de alho
umas folhinhas de salsa ou conetros
Oregãos, não sei se costuma levar, eu uso.
Azeite e vinagre

Cozer o polvo e deixar arrefecer.

Cortar o polvo aos bocadinhos e meter numa taça e temperar, com a cebola e o alho picado e com os restantes temperos.

Deixar de preferencia de um dia para o outro para ganhar o sabor do tempero e já está.

Legumes, Saladas

>Salada exótica

>

Esta salada é uma miscêlânia de ideias e sabores, quando comprei a beterraba cozida foi com intenção de fazer uma que vi no blog da ameixinha, mas entretanto esqueci-me do assunto. Passado uns tempos, andava em arrumação dos meus livros e revistas de culinária, por falta de espaço e encontrei um livro das selecções já velhinho esquecido, só sobre saladas, começei a folheá-lo e encontei uma salada que pensei eu é parecida com a da ameixinha, vai dai meti mão á obra para o jantar.

Conclusão, nem uma nem outra, principalmente por falta de ingredientes, misturei a beterraba cozida que tinha em vez de crua ralada, com alguns ingredientes da receita do livro, omitindo outros, misturando especiarias em vez de hortelã e o que era para ser uma saladinha refrescante saíu uma mais hot.
A minha invenção resultou assim
2 beterrabas cozidas.
2 maçãs.
1 cebola picadinha.
1 chávena de nozes.
Para o Molho
1 iogurte
1 colher de sopa de mostarda
2 colheres de sopa de vinagre
1 colher de sopa de mel
1/2 colher de chá de cominhos
1 pitada de pimenta moida na hora
Uma colher de sobremesa de sementes de sésamo.
Para a salada cortar a beterraba cozida, das que se compram já cozidas e embaladas, em palitos.
Descascar e cortar a maçã também em palitinhos, nas duas receitas diz que deveriam ser ácidas, eu meti fuji, bem docinhas.
Picar uma cebola bem fininha e uma chávena de nozes.
Juntar tudo numa taça grande.

Para o molho basta juntar tudo e bater bem para ficar homogéneo.

Deitar o molho por cima da salada e deixar macerar por 30 min no frigorifico, polvilhar com mais umas sementinhas de sésamo para decorar e está pronto.

O resultado foi um sabor bem exótico, entre o agri-doce, com um nadinha de picante, muito saboroso.

Bacalhau, Saladas

>Punheta de bacalhau

>Este é um prato bem português, o nome bem brejeiro, deixou-me algumas dúvidas, ainda pensei se lhe chamava o próprio ou se lhe encontrava algo mais soft, mas já que é assim que o povo lhe chama e este é um prato bem popular, nada de alterar identidades.

É uma saladinha bem fresca para o verão, optima para servir como entrada com umas tostinhas ou pão torrado, para um lanche, para um piquenique ou para quando se quiser.

A dificuldade é zero, mas o sabor é 100%

Basta desfiar umas postas do lombo do bacalhau préviamente demolhado, retirar peles e espinhas.
Se for para servir como entrada deve-se desfiar bem fininho,para isso envolve-se o bacalhau já desfiado num pano limpo e esfrega-se bem.
Juntar alho bem picadinho e cebola a gosto, cortada em tirinhas ou picada e temperar.

O tempero é também ao gosto de cada um, pode ser com um bocadinho de pimenta moida, salsa picada, vinagre, mas o que não pode faltar é azeite do bom e muito, para no fim molhar uns pedacinhos de pão ou broa.

O acompanhamento pode ser uma salada a gosto, de agrião ou alface, no meu caso foi mesmo tomate e pepino.

Eu adoro assim simples, há quem adicione outras coisas, ovo cozido, pimentos e azeitonas por ex
Entradas e petiscos, Legumes, Ovos, Saladas

>Ovos verdes – Dia verde

>Esta vai ser a minha contribuição para o dia Verde, ainda que toda esta semana tenha tido uma grande componente verde.

Estes ovos de verde quase só têm o nome, mas é uma coisa que tenho na minha caixinha de memórias, porque era um petisco que a minha mãe fazia quando eu era pequena, depois não sei porquê deixou de fazer e eu nunca tinha feito cá em minha casa, ainda que goste bastante, há coisas que não tem uma explicação logica!!
Ainda bem que a Mary se lembrou destes dias coloridos para eu ficar a matutar na côr que gosto menos e me lembrar destes ovinhos que gosto tanto.

A receita é não tem nada de especial mas resulta muito bem e pode servir para várias ocasiões, tanto como entrada ou prato principal e até como petisco em festas.

Os ingredientes

Ovos
Salsa
Vinagre
Sal e pimenta a gosto.

Cozer os ovos e deixar arrefecer.

Partir os ovos ao meio e retirar a gema para um prato, amassar bem com um garfo e juntar um bom molho de salsa bem picadinha.

Temperar com sal e pimenta a gosto e juntar bastante vinagre, para quem gosta, se não juntar menos.

Voltar a encher os ovos

Passar por um ovo cru inteiro batido e levar ao lume a fritar, são apenas uns segundos de cada lado até o ovo cru fritar.

As aplicações são muitas, eu servi como refeição principal, com uma saladinha de alface frisada, cortada como se fossa para caldo verde, com delicias do mar lascadas e maçã cortada aos pedacinhos, fica bem com ananás também, mas eu não tinha.

Parece uma comidinha dietética não parece!!!!! mas se disser que no fim é tudo regado com maionese!!!!! que tal??

Moluscos/cefalopodes, Saladas

>Salada com polvo e figo

>Há já algum tempo vi num blog que não me consigo lembrar uma salada, cujos unicos ingredientes que me ficaram na memoria eram figos e polvo de lata.

Depois de muito procurar sem sucesso, e como tinha muitos figos cá em casa resolvi inventar com o que tinha disponivel e o resultado não foi nada mau.

Tomate
Milho em lata
O polvo de lata
E os famosos figos que eu adoro

Fica bem tanto como entrada, como prato principal, para uma altura de regime hehe